Limpeza de Fígado e Vesícula Pular para o conteúdo principal

Limpeza de Fígado e Vesícula


Este artigo foi feito baseado no livro "Limpeza de Fígado e Vesícula de Andreas Moritz" você pode comprar o livro neste link:  http://bit.ly/LimpezaFigado



Você sabe por que é importante fazer uma limpeza do fígado e da vesícula?

O fígado funciona como um dispositivo de limpeza do corpo metabolizando hormônios, álcool e medicamentos. Ele faz a modificação dessas substâncias para que não tenham efeito prejudicial no corpo (ou seja, faz uma desintoxicação). A sujeira que sobra dessa limpeza de substâncias tóxicas do fígado é eliminada pelos dutos biliares.

Quando há cálculos biliares (pedras na vesícula) ocorre a obstrução desse canal o que compromete a capacidade de desintoxicação do fígado. Prejudicando seriamente o equilíbrio do corpo provocando problemas na digestão e absorção dos alimentos.

A limpeza de fígado e vesícula é um poderoso procedimento para a saúde do seu organismo. 

Vou explicar para vocês agora os detalhes da preparação da limpeza.

Duração: 6 dias

Alimentação: evitar bebidas geladas (só deve beber líquidos quentes ou temperatura ambiente), evitar alimentos de origem animal (carne de qualquer tipo \ leite e derivados \ ovos) e frituras.

Praticamente 6 dias como vegano, para mim esta parte foi uma novidade mesmo, acho que a primeira vez na vida que fico tantos dias sem comer carne.

Durante os 6 dias: você deve tomar 1 litro ou mais de suco de maçã por dia. 

No 6º dia: você irá logo cedo tomar um 1 litro de suco de maçã e a seguir poderá fazer um café da manhã bem leve. O almoço será sua última refeição antes da limpeza e deve ser algo também leve como arroz com legumes. Após isso você não poderá mais comer nem beber nada (apenas água) até 30 minutos antes da limpeza


Limpeza

- Às 18h prepare o sal amargo (4 copos de 200 ml com 60g de sal amargo) e tome um copo de 200 ml. O ideal é usar um canudo e tampar o nariz pois o gosto é ruim.

- Às 20h tome outro copo de 200ml de sal amargo.

O sal amargo é um laxante e deverá fazer você evacuar várias vezes.

- Às 21:45 esprema com as mãos 180 ml de suco de limão, use uma peneira para evitar os gominhos do limão. Acrescente 125 ml de azeite de oliva extra virgem e misture bem (use uma coqueteleira ou um mixer).

- Às 22h deve-se tomar a mistura limão + azeite. Use um canudo e procure tomar rápido. Deixe uma colher de mel do lado para por na boca para tirar o gosto o ruim e evitar de vomitar. É preciso atenção agora, esta mistura deve ser tomada em pé!

Após tomar a mistura você deve se deitar imediatamente (para as pedras começarem a sair) deite-se de costas (barriga para cima) elevando bem a cabeça com alguns travesseiros. Você também pode se deitar do lado direito com os joelhos dobrados. 

ATENÇÃO: NÃO SE DEITE DO LADO ESQUERDO isso pode fazer com que as pedras fiquem enroscadas. Fique deitado pelo menos de 20 a 30 minutos.

Na manhã seguinte:

- Às 06:30 tome o terceiro copo de sal amargo.
- Às 08:30 tome o último copo de sal amargo.
A partir das 10:30 você pode voltar ingerir alimentos gradativamente conforme orientações do vídeo.


CUIDADOS E CONTRA INDICAÇÕES 

- O ideal é que seja feita num dia tranquila em que você não trabalhe no dia seguinte;

- Pessoas que sofrem de diabetes, hipoglicemia, infecção por fungos (cândida), câncer e úlceras estomacais não devem ingerir o suco de maçã.

- Não faça a limpeza se estiver sofrendo de alguma doença aguda (gripe, dengue, febre, etc.), mesmo que seja um simples resfriado.



QUER APRENDER COMO SE LIVRAR DO REFLUXO EM 28 DIAS DE FORMA 100% NATURAL?

Participe da nossa aula on-line grátis em que eu vou explicar para você outras estratégias para eliminar a gastrite e o refluxo de forma 100% natural.








AVISO LEGAL

  • As informações apresentadas tem caráter meramente informativo.
  • Este artigo não pretende substituir as recomendações médicas.
  • O uso destas informações fica inteiramente a critério do expectador.
  • As afirmações feitas aqui são baseadas na opinião e pesquisa do próprio Tegon Junior.
  • O autor não se responsabiliza por efeitos adversos nem consequências da utilização dos procedimentos descritos.
  • Consulte seu médico ou nutricionista antes de realizar qualquer procedimento.

Postagens mais visitadas deste blog

Azia e Refluxo? Saiba tudo sobre betaína HCl (Cloridrato de betaína)

Você já ouviu da betaína HCl? Ela também pode ser chamada de betaína cloridrato, cloridrato de betaína ou hidrocloreto de betaína.
Ela é considerada um suplemento alimentar. Ela tem um papel muito importante para sua digestão, funcionando como um reforço do seu suco gástrico. Se você sofre de azia ou refluxo a betaína cloridrato, em muitos casos, pode ajudá-lo a eliminar a causa do seu problema de forma natural.
Deixe eu te contar rapidamente como descobri a betaína HCl (cloridrato de betaína)
Antigamente, quando eu sofria com azia e refluxo eu logo procurava meu médico que me recomendava medicamentos para reduzir a acidez do estômago como omeprazol. Eu começava a usar o medicamento e sentia um grande alívio. Isto me fazia pensar que o problema era realmente excesso de ácido no estômago.
Mas passado um tempo do tratamento eu comecei a perceber que na verdade o refluxo continuava, só não estava mais me provocando azia. Além disso, com o uso prologado dos "prazóis" comecei a senti…

Aloe vera no Tratamento de Úlceras, Gastrite e Refluxo

Pesquisa científica feita com 18 pacientes, 12 com úlceras e 6 com problemas relacionados, testou o uso da Aloe Vera (também conhecida como Babosa) sozinha, como forma de tratamento.
Os resultados foram impressionantes!



Dos 12 pacientes com úlceras, 100% tiveram cura clínica, e 11 deles não tiveram recidiva.
Dos 6 pacientes com problemas relacionados 5 tiveram recuperação total e uma desistiu do tratamento.
O tratamento consistiu em...

A IMPORTÂNCIA DOS PROBIÓTICOS NA CURA DA AZIA, GASTRITE E REFLUXO

O uso de probióticos pode auxiliar no tratamento de gastrite, azia e refluxo. Neste artigo é feita uma análise detalhada dos benefícios cientificamente comprovados do uso dos probióticos.