Azia e Refluxo? Saiba tudo sobre betaína HCl (Cloridrato de betaína) Pular para o conteúdo principal

Azia e Refluxo? Saiba tudo sobre betaína HCl (Cloridrato de betaína)

Você já ouviu da betaína HCl? Ela também pode ser chamada de betaína cloridrato, cloridrato de betaína ou hidrocloreto de betaína.

Ela é considerada um suplemento alimentar. Ela tem um papel muito importante para sua digestão, funcionando como um reforço do seu suco gástrico. Se você sofre de azia ou refluxo a betaína cloridrato, em muitos casos, pode ajudá-lo a eliminar a causa do seu problema de forma natural.

Deixe eu te contar rapidamente como descobri a betaína HCl (cloridrato de betaína)

Antigamente, quando eu sofria com azia e refluxo eu logo procurava meu médico que me recomendava medicamentos para reduzir a acidez do estômago como omeprazol. Eu começava a usar o medicamento e sentia um grande alívio. Isto me fazia pensar que o problema era realmente excesso de ácido no estômago.

Mas passado um tempo do tratamento eu comecei a perceber que na verdade o refluxo continuava, só não estava mais me provocando azia. Além disso, com o uso prologado dos "prazóis" comecei a sentir cansaço no final da tarde, dores nas articulações e outros problemas. Foi então que resolvi ler a bula do medicamento que estava tomando e fiquei espantado com a quantidade de efeitos colaterais descritos. Muitos deles eu eu estava sentindo!!!

Foi aí que resolvi que iria assumir o controle da minha saúde e buscar informações sobre outras formas de tratamento. É impressionante como as descobertas acontecem quando estamos em busca de conhecimento. Descobri, na verdade, que a azia e refluxo ...
não é provocada por excesso de ácido mas por uma abertura da válvula que separa o estômago do esôfago (chamada esfíncter esofagiano inferior).

Mas o que causa a abertura desta válvula que deveria estar fechada depois que fazemos uma refeição? 





Uma das principais causas é: a baixa produção de ácido no estômago!!! Isso mesmo, exatamente o contrário do que sempre acreditei e a solução seria exatamente o oposto do utilizado pelo meu antigo médico.

Descobri que pessoas se curavam aumentado a quantidade de ácido no estômago e isso melhorava não apenas a azia e o refluxo, mas a saúde do corpo em geral, os níveis de energia a digestão e absorção de nutrientes.

Bom, mas eu precisava saber se isso era só teoria ou se funcionava mesmo. Precisava testar isso, não é verdade? Então resolvi comprar um frasco de betaína HCl.

Betaína (trimetilglicina) x Betaína HCl (betaína cloridrato)


A betaína em sua forma pura, é uma substância derivada do aminoácido glicina ligado a três grupos metila. Ela pode ser obtida pelo consumo de alimentos como: frutos do mar, gérmen e farelo de trigo e espinafre. Foi descoberta no século 19, presente no suco da beterraba e seu consumo apresenta benefícios à saúde. 

Mas atenção, a betaína pura, também é comercializada como suplemento alimentar mas é diferente da betaína HCl (betaína cloridrato ou cloridrato de betaína). Existem alguns blogs que cometem um erro e confundem dizendo que a betaína pura seria benéfica 

A betaína pura, também conhecida como betaína anidra, simplesmente betaína ou então ainda como trimetilglicina (devido a sua fórmula química) é utilizada principalmente com as finalidades de:
  • redução dos níveis de homocisteína (um aminácido tóxico, que apresenta riscos para a saúde)
  • auxiliar na síntese de DNA e RNA
  • aumento de massa muscular e ganho de força


Já a betaína HCl (betaína cloridrato) possui uma estrutura química e função diferente. Nesta forma ela costuma ser associada à pepsina em fórmulas que contribuem para:

  • melhorar a digestão e absorção de nutrientes
  • aumentar os níveis de ácido clorídrico no estômago, principal ingrediente do suco gástrico

Ele é indicada para o tratamento da hipocloridria (baixa produção de ácído no estômago) e auxilia nos processos digestivos, principalmente na digestão e absorção de proteínas, minerais e algumas vitaminas. 

A pepsina, que tem como função digerir proteínas, é uma enzima digestiva que se forma a partir do pepsinogênio existente no suco gástrico. No entanto, ela só se forma em meio ácido, por isso o estômago precisa produzir o ácido clorídrico (HCl), que ativa o pepsinogênio e o transforma em pepsina.

A deficiência do HCl no seu estômago contribui para a redução dos níveis de pepsina fazendo com que os alimentos não sejam digeridos corretamente e os sintomas de hipocloridria se desenvolvam.

O cloridrato de betaína é recomendado como suplemento de HCl para pessoas com hipocloridria (baixa produção de HCl).

Veja alguns dos principais sintomas relacionados a hipocloridria: 
  • Azia e Refluxo
  • Arrotos e inchaço
  • Indigestão e prisão de ventre
  • Mau hálito
  • Alergias alimentares
  • Indisposição e cansaço
  • Asma
  • Acne rosácea
  • Pedras na vesícula
  • Descalcificação dos ossos e osteoporose
  • Artrite reumatóide
  • Anemia
Alguns fatores influenciam no desenvolvimento da hipocloridria e acloridria. São eles:
  • Idade
  • Má alimentação e estilo de vida
  • Uso de medicamentos
  • Estresse e Ansiedade

COMO UTILIZAR O CLORIDRATO DE BETAÍNA

A betaína HCl deve ser utilizada preferencialmente em cápsulas, que devem ser ingeridas durante uma refeição. Isso é muito importante, a ingestão não deve ser antes e nem depois da refeição para evitar que o comprimido fique parado  e libere seu conteúdo no esôfago, o que pode causar ferimentos.
O correto é comer um pouco, tomar o comprimido e continuar comendo.

COMO SABER A DOSAGEM IDEAL

Nos EUA as fórmulas são superiores e normalmente o comprimido contém 650mg de betaína HCl mais pepsina (cerca de 150mg). Aqui no Brasil você só vai encontrar em farmácias de manipulação e terá restrições nas quantidades dos ingredientes, além disso o custo ainda é bem maior aqui do que lá fora.

Há poucos médicos no Brasil que receitem ou saibam utilizar a betaína HCl. Alguns destes médicos fizeram curso com o Dr. Lair Ribeiro, que costuma indicar uma dose de 300mg de betaína HCl durante as refeições.

Nos EUA os médicos naturopatas indicam fazer o teste da dosagem da seguinte maneira: para evitar efeitos colaterais deve-se começar ingerindo apenas uma cápsula de betaína HCl (650mg) com pepsina durante o almoço/jantar (após umas 4 a 5 garfadas, tome o comprimido e continue comendo). Se não houver nenhum problema depois de 2 dias aumenta-se a dose para duas cápsulas durante o almoço/jantar, então se continuar sem problemas aumenta-se para três cápsulas. Vai aumentando desta forma até o momento em que após você tomar as cápsulas e sentir um leve calor no estômago, se isto ocorre deve-se tomar um copo de água para amenizar. Se a dose de 5 comprimidos fez você sentir este calor, a sua dose ideal seria de 4 comprimidos. É uma sensação leve de calor, não deve ser uma queimação forte.


O Dr. Jonathan Wright, autor do livro “Why Stomach Acid Is Good for You: Natural Relief from Heartburn, Indigestion, Reflux and GERD” (Porque o Ácido Gástrico é Bom para Você: Alívio Natural para Azia, Indigestão, Refluxo e DRGE) diz que normalmente seus pacientes utilizam de 5 a 7 comprimidos de betaína por refeição.

CUIDADOS ANTES DE TOMAR

Se apresentar gastrite ou úlcera faça o tratamento para gastrite ou úlcera antes de iniciar a reposição de ácido.

Jamais use o suplemento de HCl se estiver fazendo uso de qualquer tipo de anti-inflamatório (diclofenaco, ibuprofeno, aspirina, voltaren etc).

Você deve lembrar que a betaína HCl é apenas uma opção de suplemento para auxiliar no tratamento do refluxo, em que você repõe o ácido que o corpo não está produzindo.

Porém é importante ressaltar que a melhor opção de todas é usar estratégias que vão ajudar o corpo a aumentar sua produção natural de HCl e enzimas digestivas, o que vai lhe assegurar uma ótima digestão sem a necessidade de uso de suplementos. Se você quiser aprender mais sobre estas estratégias assista uma aula on-line grátis, você pode se inscrever clicando aqui. 

EFEITOS COLATERAIS

O uso de betaína HCl não costuma ter efeitos colaterais mais graves. Geralmente são de intensidade moderada e apresenta sintomas como desarranjo intestinal, dor, sensação de queimação, gazes ou sensação de desconforto. Reduzir a dose ou interromper o uso são medidas suficientes para aliviar estes sintomas. No entanto é bom ressaltar que os efeitos colaterais costumam ocorrer com mais frequência nas pessoas com menores níveis de produção de ácido gástrico.



Isto se explica por dois motivos: 
  1. as pessoas com menores níveis de produção de ácido costumam apresentar a chamada gastrite atrófica (a mucosa do estômago muito fina ou atrofiada), o que faz com que fiquem mais vulneráveis à ação do HCl. O uso da Aloe vera (leia o artigo) e dos probióticos (saiba mais) pode auxiliar na recuperação da mucosa.
  2. O outro motivo é que aqueles que produzem menos ácido no estômago sofrem as maiores mudanças na digestão quando se inicia a suplementação. O organismo no início pode estranhar esta mudança o que provoca diarreias e outras reações. É como quando você deixa de comer determinado tipo de alimento por muito tempo e quando volta a comer sofre um desarranjo. Neste caso reduzir a dose e ir aumento aos poucos pode auxiliar na adaptação do organismo.


[AULA GRÁTIS] COMO SE LIVRAR DO REFLUXO EM 28 DIAS DE FORMA 100% NATURAL!

Participe da nossa aula on-line grátis em que eu vou explicar para você outras estratégias para eliminar a gastrite e o refluxo de forma 100% natural.



http://bit.ly/b2AulaAdeusRefluxo




Comentários

  1. olá graças a Deus estou encontrando minha cura aqui,procurei um médico ortomolécular ele me passou a receita. betaína 50mg.Acredito que vou ficar boa agora depois de anos de tratamento errado.

    ResponderExcluir
  2. Olá Junior, sabe onde encontro cloridrato de betaina ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode encontrar a betaína HCl em farmácias de manipulação normalmente com receita médica ou você pode importar também.
      Eu tenho um curso em que ensino como utilizar, as melhores fórmulas e dosagens e também como importá-la segue o link a seguir: http://como-importar.adeusazia.com.br/

      Excluir
  3. É necessario consultar um medico antes de tomar ou posso começar com uma dose pequena?

    ResponderExcluir
  4. gostaria de saber como e sua alimentaco.como usar e encontrar a betaina com pepsina e modo de tomar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sobre alimentação recomendo que assista o vídeo a seguir que está no meu canal do Youtube: https://youtu.be/LRQyoL5bWk0?list=PLccnL3rvRjh1ultJO08CsprnsKARjTjMY.

      Você pode encontrar a betaína HCl em farmácias de manipulação normalmente com receita médica ou você pode importar também.
      Eu tenho um curso em que ensino como utilizar, as melhores fórmulas e dosagens e também como importá-la segue o link a seguir: http://como-importar.adeusazia.com.br/

      Excluir
  5. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  6. Quem tem problemas de gordura no fígado (esteatose hepatica grau 3 ) pode fazer uso da Betaina HCL?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristina, pode sim. Porém para orientações mais específicas é recomendado orientação médica. Abraços

      Excluir
  7. qual a dose ideal de betaina tomar ,e onde encontrar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode encontrar a betaína HCl em farmácias de manipulação normalmente com receita médica ou você pode importar também.
      Eu tenho um curso em que ensino como utilizar, as melhores fórmulas e dosagens e também como importá-la segue o link a seguir: http://como-importar.adeusazia.com.br/

      Excluir
  8. POR FAVOR ME AJUDA, QUANTO TEMPO DEVO TOMAR ? CLORIDRATO DE BETAINA ? TENHO 16 ANOS

    ResponderExcluir
  9. Respostas
    1. Você pode encontrar a betaína HCl em farmácias de manipulação normalmente com receita médica ou você pode importar também.
      Eu tenho um curso em que ensino como utilizar, as melhores fórmulas e dosagens e também como importá-la segue o link a seguir: http://como-importar.adeusazia.com.br/

      Excluir
  10. Oi Tegon, você sabe-me dizer se eu posso tomar este suplemento de betaína? Tomo omeprazole 10mg, fiz endoscopia que revelou incompetência do esfíncter esófágico inferior, e sofro muito com enfartamento, gazes, arrotos e indigestão. Obrigado :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. José Coelho, se você não sofre de gastrite ou úlceras e não está fazendo uso de remédios anti-inflamatórios, em princípio pode sim. Mas você deve escolher junto com o seu médico se vai tomar omeprazol ou utilizar a betaína, pois não se deve usar os dois ao mesmo tempo como eles tem ações contrárias.

      Excluir
  11. Que dosagem de betaína hcl devo fazer? E mais ou menos por quanto tempo? Sofro com o empaixamento, o alimento mesmo que sendo pouco, demora muitas horas para digerir e acabo vomitando. Não aguento mais omeprazol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você pode encontrar a betaína HCl em farmácias de manipulação normalmente com receita médica ou você pode importar também.

      Eu tenho um curso em que ensino como utilizar, as melhores fórmulas e dosagens e também como importá-la segue o link a seguir: http://como-importar.adeusazia.com.br/

      Excluir
  12. Que dosagem de betaína hcl devo fazer? E mais ou menos por quanto tempo? Sofro com o empaixamento, o alimento mesmo que sendo pouco, demora muitas horas para digerir e acabo vomitando. Não aguento mais omeprazol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tenho um curso em que ensino como utilizar, as melhores fórmulas e dosagens e também como importá-la segue o link a seguir: http://como-importar.adeusazia.com.br/

      Excluir
  13. Comecei a fazer uso espero que dê certo pois faz muitos anos que sofro com asia muitos tratamentos errado.

    ResponderExcluir
  14. Vou procurar um médico naturalista

    ResponderExcluir
  15. Tegon, agradeço pelas excelentes informações.
    Favor indicar farmácia de manipulação onde posso comprar a Betaina HCL, dosagem diária, se há restrição alimentar e por quanto tempo devemos fazer uso deste medicamento.

    Desde já agradeço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hélio Santos, você pode encontrar a betaína HCl em farmácias de manipulação (a maioria costuma ter) normalmente com receita médica ou você pode importar também.
      Eu tenho um curso em que ensino como utilizar, as melhores fórmulas e dosagens e também como importá-la segue o link a seguir: http://como-importar.adeusazia.com.br/

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Hipocloridria ou Acloridria: Saiba os perigos da baixa produção de ácido no estômago!

Hipocloridria significa baixa produção de ácido no estômago e Acloridria significa nenhuma produção de ácido. Estes quadros representam um sério problema para sua saúde e vou te explicar o porquê.

Sabe qual o papel do Ácido Gástrico na digestão dos alimentos que você come?

Nosso corpo trabalha como uma fábrica, cada órgão tem uma função na digestão da comida como uma linha de produção. A boca funciona como um triturador que reduz o alimento em pedaços menores para possamos engolir, depois a comida vai para o estômago, que funciona como um liquidificador ou processador de alimentos, transforma o alimento em uma "sopa ácida" chamada quimo graças à ação do suco gástrico.


Esta "sopa ácida" sai do estômago e vai para o duodenoque ao perceber a presença de um pH ácido (entre 2 e 4,5) libera um hormônio chamado secretina. A secretina é responsável por estimular o pâncreas a produzir bicarbonato de sódio e enzimas digestivase incentiva o fígado a produzir bile (que é armazena…

A IMPORTÂNCIA DOS PROBIÓTICOS NA CURA DA AZIA, GASTRITE E REFLUXO

O uso de probióticos pode auxiliar no tratamento de gastrite, azia e refluxo. Neste artigo é feita uma análise detalhada dos benefícios cientificamente comprovados do uso dos probióticos.